CAPITANIA DO RIO GRANDE: HISTÓRIAS E COLONIZAÇÃO NA AMÉRICA PORTUGUESA

MACEDO, Helder Alexandre Medeiros de; SANTOS, Rosenilson da Silva (org.). Capitania do Rio Grande: histórias e colonização na América portuguesa. João Pessoa: Ideia Editora; Natal: EDUFRN, 2013.

CAPA_RECORTADA

SINOPSE

O livro reúne estudos acadêmicos cuja temática está relacionada ao passado colonial do Rio Grande do Norte. A ideia nasceu a partir de constantes interrogações, sobretudo de alunos dos cursos de graduação, acerca da recente produção do conhecimento histórico a respeito da Capitania do Rio Grande, que, na maioria dos casos, não consegue sair dos limites das bibliotecas – na forma de monografias, dissertações e teses – e chegar ao grande público. Enviamos convites para professores e pesquisadores que produziram, nos últimos anos, seus trabalhos de graduação, mestrado e doutorado, além daqueles que ainda estão em fase de produção. Atenderam à nossa chamada dezessete pesquisadores, que produziram dezesseis capítulos do livro a partir de suas pesquisas. A temporalidade do livro está circunscrita ao período que vai do século XVII ao século XIX. Em termos espaciais, grosso modo, a obra está dividida em duas partes. Na primeira, composta dos oito primeiros capítulos, o foco das pesquisas incide sobre o litoral do Rio Grande ou trata da realidade do território de toda a capitania. Os oito textos finais centram seu olhar na realidade dos sertões da capitania, especificamente nas Ribeiras do Seridó e Mossoró. Esperamos que este livro contribua para dinamizar o acesso à produção historiográfica mais recente sobre a Capitania do Rio Grande (do Norte), bem como, que seus textos possam servir de instrumento de estudo e trabalho para docentes e discentes em disciplinas dos cursos de graduação cujo recorte temático esteja ligado à história colonial do Rio Grande do Norte. Estes foram os principais motes que nos guiaram quando pensamos em organizar esta obra, que, ansiamos, possa ser bastante lida, discutida e criticada.

PREFÁCIO – Maria Fernanda Baptista Bicalho

APRESENTAÇÃO – Helder Macedo e Rosenilson Santos 

SUMÁRIO DA OBRA

Prefácio 
Maria Fernanda Baptista Bicalho

Rio Grande (do Norte) colonial: novos olhares 
Helder Alexandre Medeiros de Macedo
Rosenilson da Silva Santos

Os desafios da governança e as relações de poder na Capitania do Rio Grande na segunda metade do século XVII 
Carmen Margarida Oliveira Alveal

Nada mais que o necessário para a criação de quatro vacas e quatro cavalos: estratégias de moradores da Capitania do Rio Grande para tomar as terras da Companhia de Jesus 
Ana Lunara da Silva Morais
Carmen Margarida Oliveira Alveal

Discursos de fronteira: Antonil e as imagens da guerra na Capitania do Rio Grande 
Maria Emília Monteiro Porto

Os indígenas aldeados da Capitania do Rio Grande na primeira metade do século XVIII: terra e trabalho 
Fátima Martins Lopes

A Companhia Pombalina de Comércio e a Capitania do Rio Grande do Norte 
Thiago Alves Dias

Práticas ilícitas e estratégias de sobrevivência feminina na Natal colonial 
Myrianne Carla Oliveira de Albuquerque
Fátima Martins Lopes

Festas reais: celebrações da monarquia portuguesa na Natal setecentista
Paulo César Possamai

Deixados nas portas: recém-nascidos abandonados na Freguesia de Nossa Senhora da Apresentação (1753-1795) 
Thiago do Nascimento Torres de Paula

As gentes dos sertões da Capitania do Rio Grande do Norte
Muirakytan Kennedy de Macêdo

Por uma história da morte: fontes, metodologias e possibilidades interpretativas sobre o Seridó 
Alcineia Rodrigues dos Santos

Nos ministérios de mulher e nos bons costumes, se fez a educação feminina da Ribeira do Seridó (1737-1799) 
Iêda Silva de Lima
Tânia Cristina Meira Garcia

Quem casa quer dote: de como se dotavam as mulheres no sertão da Capitania do Rio Grande (1759 – 1795) 
Rosenilson da Silva Santos

Celebração e manifestação religiosa na Irmandade do Rosário dos Pretos de Caicó 
Cláudia Cristina do Lago Borges

Escravismo e liberdade na Ribeira do Seridó (1792-1814) 
Michele Soares Lopes

“Fregueses da Freguezia da Vila Nova do Principe, d’onde sempre foram”: identidades territoriais no Seridó 
Helder Alexandre Medeiros de Macedo

De cliente em cliente se forma uma rede: tática para a apropriação de espaços de ação na Capitania do Rio Grande 
Patrícia de Oliveira Dias
Carmen Margarida Oliveira Alveal

Referências 

Sobre os autores 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s